Caso aconteceu em Volta Redonda.

Denúncia foi feita através do celular de um atendente da agência bancária.

Mulher usa ida ao banco como oportunidade para denunciar companheiro por agressão Uma mulher, de 57 anos, vítima de violência doméstica, aproveitou a ida ao banco para denunciar na sexta-feira (31) agressões que vinha sofrendo do companheiro em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro.

A agência fica na Avenida Sávio Gama, no bairro Retiro. De acordo com a Polícia Militar, a vítima chegou ao banco e pediu para o atendente que emprestasse o celular dele para ligar para a polícia.

Quando os agentes chegaram ao local, a mulher disse que seu companheiro a agredia e a ameaçava. Assim que o suspeito foi identificado pela vítima, os agentes foram até o lado de fora da agência onde o companheiro estava esperando por ela.

Ainda segundo a PM, a mulher e o companheiro, de 42 anos, foram encaminhados à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) para prestar esclarecimentos. Na delegacia, foi instaurado um inquérito policial e solicitado medida protetiva para a vítima.

A mulher e o homem foram ouvidos e liberados.